Como evitar o consumismo infantil?

Quando falamos em consumismo, diretamente ligamos o problema aos adultos, não é mesmo? Mas o que muita gente não tem ideia é que o consumismo infantil também é uma realidade que precisa ser trabalhada e evitada o quanto antes, pois seus efeitos a longo prazo podem ser bastante prejudiciais.

O desejo de consumir as coisas é natural ao longo da vida, em qualquer faixa etária, e nem sempre resultará em consumismo, pois nem tudo que temos vontade saímos comprando. Geralmente, a maioria dos adultos consegue lidar melhor com isso, colocando limites financeiros e controlando o impulso de compra, enquanto as crianças encontram dificuldade em lidar com esse sentimento.

Com propagandas que as estimulam o tempo todo, é natural que os pequenos tenham o desejo por diferentes coisas como brinquedos, por exemplo, principalmente na era dos influenciadores e independente da condição financeira dos pais.

Neste sentido, a filosofia trabalhada através do programa Gênio das Finanças aqui no CPR auxilia as crianças a terem consciência e saberem se planejar para realizar os sonhos, mas sem nutrir o consumo exagerado nem entrar em dívidas apenas para acumular coisas.

Mais do que educar, os pais precisam ser um bom exemplo no ambiente familiar. Vamos juntos ajudar a formar cidadãos mais conscientes pra o mundo!

Compartilhe essa História

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Confira outros conteúdos...

Adolescência

Você é um “cringe”?

Há semanas a palavra “cringe” apareceu com muita frequência nas redes sociais e ganhou força no rol do vocabulário digital. Embora haja discussões sobre a

Contine Lendo »

Podcast Ensino Remoto

Nossas aulas remotas continuam e para mantermos a qualidade de ensino é importante contar com profissionais preparados e as melhores ferramentas online. Neste Podcast com

Contine Lendo »