Acesso à Internet e brincadeiras virais: Como instruir os filhos?


A Internet está cada vez mais inserida na nossa rotina, na vida das crianças e adolescentes esse fato se repete, seja através da imensidão de conteúdos que podem ser encontrados pelos curiosos em sites e blogs ou mesmo nos games online e até no acesso às redes sociais.

Com a liberdade vem o peso da responsabilidade, então uma ótima questão para os pais refletirem é a seguinte: O livre acesso à internet é algo positivo para os filhos?

Já vimos muitas pegadinhas viralizarem nas redes, a mais recente ficou conhecida como “Desafio da Rasteira”. A tal brincadeira, se é que podemos chamar assim algo tão perigoso e de mau gosto para fazer com os amigos, propunha um jogo em que a partir de uma rasteira, um indivíduo caia no chão, correndo sérios riscos de se machucar, enquanto os outros colegas ficavam debochando e rindo.

O que é mais preocupante nisso tudo é que a pegadinha ganhou inúmeras versões, sendo até gravada dentro de colégios e escolas. É aí, que vem mais uma questão para os pais colocarem em discussão em casa: Que tipo de conteúdo você quer que seus filhos tenham acesso e quem sabe, possam vir a reproduzir e compartilhar, incentivando outras crianças e adolescentes?

Para falar mais sobre as brincadeiras virais e o papel da Internet na vida dos estudantes, convidamos a Bruna Bernardes, Coordenadora dos Anos Iniciais do Colégio Pedro e Rafael, para um bate-papo bastante atual e relevante. Confira em mais um Podcast CPR!

Compartilhe essa História

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Confira outros conteúdos...